Você sabe o que é apólice de seguro? Descubra aqui!

Você sabe o que é apólice de seguro? Descubra aqui!

Powered by Rock Convert

Saber o que é uma apólice de seguro é algo muito importante para aqueles que desejam garantir a cobertura de riscos em geral. Eles podem envolver desde a saúde de um cliente, até a segurança de seus bens.

Ao adquirir um seguro, é assinado um documento que estabelece todos os pontos da contratação. Nele, constarão dados que explicam quando é possível acionar o serviço da seguradora, qual a limitação do valor das indenizações, entre outros fatores. É esse o contrato que recebe o nome de apólice de seguro.

Em função do uso de uma linguagem formal e de sua extensão, existem muitas pessoas que ainda não estão conscientes de tudo o que consta em uma apólice de seguros. Contudo, esse é um passo fundamental para garantir uma boa contratação e saber exatamente quais são as situações em que é preciso acionar a seguradora, bem como de que forma isso ocorrerá.

Ficou interessado em conhecer mais sobre a apólice de seguro e saber quais cláusulas devem constar nesse tipo de título? Então, continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é uma apólice de seguro?

De forma resumida, uma apólice de seguro é o contrato que se firma entre segurado e seguradora. Nela, se consignam todas as cláusulas referentes à contratação. Portanto, trata-se da documentação do acordo entre as partes de maneira escrita, em que a seguradora se responsabiliza por tudo o que se especifica no papel.

Qual é a importância de contar com uma apólice de seguro?

Acidentes acontecem. Ainda que indesejados, é impossível prever seu surgimento e impedi-los. A importância do conhecimento sobre uma apólice de seguro e sua contratação está justamente no cuidado aos bens e saúde. Também é possível minimizar a ocorrência de situações estressantes e economizar tempo ao contratar a cobertura ideal para suas necessidades.

Parte dos cuidados envolvidos na contratação de uma apólice está relacionada ao acompanhamento profissional de uma corretora com credibilidade. Especialistas na área são capazes de, além de oferecer a melhor opção para cada caso, ainda explicar passo a passo tudo o que deve ser feito no caso de necessidade de sinistro.

Quais são os tipos de apólice?

Considerando que uma apólice de seguro aborda mais de um risco, é esperado que ela também possua mais de um tipo de documento. Os principais a serem conhecidos são:

Apólice compreensiva ou multirrisco

Garante a proteção a mais de um tipo de risco simultaneamente. Pode, por exemplo, englobar prejuízos tanto ao segurado quanto aos seus bens.

Apólice de riscos nomeados

Aquela que só cobre o que consta no contrato de forma explícita e individualizada.

Apólice recibo

Geralmente é usada para contratos temporários em que o segurado vai, por exemplo, viajar ou se ausentar por outros motivos. Ela serve como recibo de pagamento do prêmio de seguro.

Apólice contra danos a terceiros

Nesse caso, o contrato se relaciona a danos causados por terceiros. Caso o contratante seja responsabilizado a pagar algum tipo de indenização à outra pessoa, o seguro cobre esses gastos.

Apólice aberta e fechada

Os tipos aberto e fechado, como o próprio nome já diz, relacionam-se à alterabilidade das cláusulas. Na aberta, podem ser incluídas coberturas, segurados, etc. Na fechada, o contrato não pode ser alterado.

O que deve constar na apólice?

As cláusulas que devem estar presentes na apólice variam conforme a modalidade de seguro contratada e a abrangência da cobertura que o segurado pactuou. Entretanto, é fundamental que a pessoa que firma esse tipo de contrato se atente para alguns pontos vitais para o êxito do compromisso. São eles:

  • verificar se o bem ou serviço segurado está descrito corretamente no contrato;
  • conferir se os dados estão corretos;
  • assegurar-se de que todas as coberturas contratadas então dispostas na apólice de seguro.

Certificando-se dos pontos de reprodução obrigatória na apólice, são evitadas dores de cabeça na contratação e acionamento do seguro. Caso seja necessário realizar alterações no contrato vigente, deverá ser feito o chamado endosso de seguro.

Qual a diferença entre sinistro, assistência e como funciona apólice de cobertura?

Esses termos são comuns em apólices e confundem muitos contratantes. Por isso, é fundamental conhecer as diferenças entre eles:

Sinistro

O sinistro, no mundo dos seguros, nada mais é do que os eventos possíveis de ocorrer que são resguardados pela seguradora. Isso significa que, na hipótese de ocorrência dos fatos dispostos na apólice, o segurado pode acionar o ressarcimento e recuperar parcial ou totalmente o gasto envolvido no caso.

Assistência

A assistência, por sua vez, é a lista de serviços constantes na contratação do seguro. São serviços a serem prestados pela seguradora, mas não uma indenização paga por algum sinistro. Alguns exemplos de serviços assistenciais incluem o reboque de veículos, carros reservas, etc.

Como funciona a apólice de cobertura do seguro?

Coberturas são as hipóteses de sinistros possíveis nas quais o beneficiário será ressarcido. Por exemplo, um seguro residencial pode ter cobertura contra assalto, incêndio, desabamentos e mais situações inesperadas.

Documentos da apólice

Os documentos da apólice são aqueles que dizem respeito às obrigações do segurado e ao repasse de riscos para a seguradora. Eles são muitos e devem ser guardados com muito cuidado, inclusive para fins de Imposto de Renda. Os principais documentos contidos em uma apólice são:

  • valor do prêmio;
  • direitos e deveres de ambas as partes envolvidas no processo;
  • listagem detalhada de riscos cobertos;
  • identificação completa da seguradora e do segurado;
  • especificações de duração e validade do contrato;
  • valor máximo coberto pela seguradora em caso de acionamento;
  • legislação envolvida no seguro em questão e mais!

Todos os pontos que podem se mostrar problemáticos na hora de acionar a seguradora também são descritos detalhadamente na documentação. Isso é importante uma vez que, de fato, alguns problemas podem ocasionar um pagamento negado, como inadimplência por longos períodos ou erros no contrato.

O que acontece quando ocorrem problemas na apólice?

Quando problemas na apólice ocorrem, pode ser que o segurado não receba o pagamento solicitado. Geralmente os erros desse tipo estão relacionados a omissões, seja de informações ou de doenças preexistentes, no caso de um seguro de vida.

No caso de bens, como celulares ou dispositivos pessoais tecnológicos em geral, um simples erro de modelo pode impedir o recebimento.

É por isso que é primordial conferir com atenção quais são os dados que estão sendo adicionados à apólice, bem como os dados informados.

Doença ou condição preexistente

É extremamente desaconselhável esconder a presença de qualquer condição preexistente de uma apólice de seguro. Se descoberta posteriormente, ela será considerada como omissão e impedirá o recebimento de qualquer tipo de ressarcimento.

Exemplos como o diabetes, histórico de doenças cardíacas e, em alguns casos, até mesmo depressão devem ser previamente informadas à seguradora.

Mantenha-se informado sobre o assunto!

Uma apólice de seguro é o documento que regulamenta a contratação de uma cobertura qualquer, trazendo todas as cláusulas a serem obedecidas por seguradora e segurado. É de extrema importância entender o máximo possível sobre ela, se mantendo protegido e segurado em qualquer situação.

Se manter constantemente informado sobre como funciona apólice de seguro, seja ela de qualquer natureza, permite que bens, viagens, a saúde e até mesmo coberturas relacionadas à previdência privada se mantenham resguardados. Para receber as principais informações sobre o assunto, não deixe de assinar nossa newsletter no canto direito do blog!

Deixe uma resposta